segunda-feira, 26 de outubro de 2015

A POLÍCIA ABRE INQUÉRITO PARA INVESTIGAR INCÊNDIO QUE PROVOCOU MORTE DE CÃES EM ABRIGO EM FORTALEZA-CE.

De acordo com a delegada Évna, foi requerida uma perícia no local à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que deve ser realizada nos próximos dias; o incêndio ocorreu em um terreno abandonado, ao lado da entidade que abriga os animais
No terreno, foram encontrados restos de materiais como borracha e plástico
A delegada titular do 32º Distrito Policial (DP), Évna Paixão, afirma que foi aberto inquérito policial para investigar se há indícios de incêndio criminoso no terreno baldio tomado por fogo na noite deste domingo, 25,causando a morte de 12 animais do Abrigo São Lázaro.
As chamas provocaram uma densa nuvem de fumaça que atingiu a ONG, funcionando ao lado do terreno. A entidade recebe cães e gatos abandonados e disponibiliza os animais para adoção, no bairro Siqueira.
Cerca de 180 animais que estavam no pátio foram atingidos. Destes, nove filhotes e três fêmeas adultas não resistiram e morreram sufocados, informou a fundadora do abrigo, Rosana Dantas.
No terreno, foram encontrados restos de materiais como borracha e plástico, que com a combustão, liberam substâncias tóxicas. Possivelmente o que causou a morte dos cães, conforme avaliação prévia do Corpo de Bombeiros.

De acordo com a delegada Évna, foi requerida uma perícia no local à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que deve ser realizada nos próximos dias, para dar andamento à investigação.

Cuidados
O incêndio ocorreu por volta das 20 horas e durante a madrugada a ONG recebeu a visita de voluntários, entre eles um médico veterinário, que examinou os animais.
Alguns animais foram retirados do abrigo e estão sob os cuidados de profissionais e da própria Rosana. Dos 20 cães que sofreram desmaios por conta da fumaça, três foram internados na VetClinic, instituição parceira da entidade, e 17 estão na casa da fundadora.
Doações
O abrigo funciona graças a doações de voluntários. Quem quiser colaborar pode depositar qualquer quantia na conta jurídica da entidade:
Banco 104 — Caixa Econômica Federal
Agencia: 0619
C/c: 3054-6
OP: 003
Titular: Organização Não Governamental São Lázaro
CNPJ:13043465/0001-71
Ou, então, fazer doações de R$5, R$10 ou R$15 no site Peixe Urbano. O São Lázaro também arrecada por meio do site Vakinha.
Outras contribuições ainda podem ser efetuadas na clínica parceira da entidade, que se localiza na Avenida José Bastos, 6360, bairro Demócrito Rocha.
Redação O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário